História do Município


Feira Nova é um município brasileiro do estado de Pernambuco. Possui como atividade primordial a produção de farinha de mandioca, sendo esta atividade a fonte de renda de uma parte da população. É localizada na mesorregião do Agreste Pernambucano e na Microrregião do Médio Capibaribe.

Teve até pouco tempo como principal atividade econômica a produção de farinha de mandioca, mas essa vem perdendo espaço ao longo dos anos para o empacotamento de produtos. A cidade destaca-se também economicamente com o comércio e a área de funcionalismo público.

O povoamento inicial do território hoje município de Feira Nova, deve-se a lavradores que cultivavam em culturas de subsistência e de modo rudimentar. Os primeiros caminhos que cortaram essas terras, serviam ao trânsito de gado entre Limoeiro e Vitória, e ao longo deles foram surgindo as casas.

No local onde hoje se espalha a cidade de Feira Nova, fixou-se um cidadão por nome de Joaquim Botelho que ali instalou uma casa de comércio, e, o seu tino comercial, ao ver surgir em volta de sua casa uma povoação a qual foi dados o nome de Jardim, levou o Joaquim apoiado pelos Francisco Marinheiro, Manoel Almeida, José Gomes e Urbano Barbosa, a iniciar no povoado, aos domingos, uma feira, que com o passar do tempo veio a ser frenquentada pelos moradores de toda a vizinhança. Esta feira teve início por volta de 1906.

O povoado cresceu em função da “feirinha”, e como em outro local do município havia a feira antiga e tradicional, o pessoal ao dizer que ia para a feira de Joaquim Botelho, dizia ir para a “feira nova”. A denominação de Jardim só veio a ser mudada para Feira Nova no ano de 1938.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Jardim, pela lei estadual n° 1931, de 11 de setembro de 1928, subordinado ao município de Glória do Goitá. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Jardim figura no município de Glória do Goitá. Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31 de dezembro de 1936 e 31 de dezembro de 1937. Pelo decreto-lei estadual nº 235, de 09 de dezembro de 1938, o distrito de Jardim passou a denominar-se Feira Nova. Em divisão territorial datada de 1° de julho de 1950, o distrito de Feira Nova figura no município de Feira Nova. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1° de julho de 1960.

Elevado à categoria de município com a denominação de Feira Nova, pela lei estadual nº 4945, de 20 de dezembro de 1963, desmembrado de Glória do Goitá. Sede no antigo distrito de Feira Nova. Constituído do distrito sede. Instalado em 08 de março de 1963. Em divisão territorial datada de 31 de dezembro de 1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.


GOVERNO MUNICIPAL